Descubra os motivos do cabelo arrepiado na raiz e como cuidar

Um cabelo bonito, maleável e cheio de brilho é o sonho de qualquer um. Mas às vezes os cabelos arrepiados se tornam quase um pesadelo. Fatores como umidade, química e ressecamento estragam nossos planos e temos que fazer um coque ou colocar presilhas quando só queríamos sair com os cabelos soltos ao vento.

Algumas madeixas possuem uma tendência maior a ficarem arrepiadas. Cabelos ondulados, cacheados e crespos, bem como cabelos grisalhos que estão mais fracos devido a ação do tempo e também cabelos com queda, possuem uma tendência maior a possuírem fiozinhos arrepiados.

Mas como resolver o problema dos cabelos arrepiados? Continue lendo e descubra suas causas e como cuidá-lo. 

Mas por que isso acontece? E como resolver?

cabelo arrepiado na raiz
Cabelos arrepiados podem ser fáceis de resolver. | Foto: Freepik.

Identificando o problema

Antes de resolvermos um problemas precisamos descobrir a sua causa, para que assim possamos fazer isso de maneira certeira, evitando que gastemos dinheiro e tempo com produtos ineficazes. 

Além de fatores naturais como os citados acima que predispõem ao aparecimento de frizz e baby hair, (que não são necessariamente um problema mas que podem ser controlados), existem outras causas, como químicas e calor excessivo.

Quando o cabelo fica arrepiado?

As principais causas são:

Cabelo ressecado

Um cabelo ressecado costuma ser mais poroso, quebradiço e sem brilho. Sendo assim, por estarem mais frágeis, estão propensos a se arrepiar. 

Cabelos com curvatura (ondulados, cacheados e crespos), possuem uma tendência maior aos cabelos arrepiados justamente por ficarem mais facilmente ressecados. Isso acontece porque o óleo natural do couro cabeludo possui maior dificuldade para escorrer entre as molinhas e consequentemente acabam ficando mais frisados.

Idade

O fator idade também contribui para o maior ressecamento e fragilidade dos fios, além disso, o cabelo sofre diminuição da produção de proteínas e com a redução da massa capilar e ritmo de crescimento. Como os fios não crescem mais regularmente, podem aparecer alguns fiozinhos mais curtos e frisados.

Os cabelos brancos apresentam menor maleabilidade e tendem a ser mais grossos que os fios com pigmento, tornando mais difícil domá-los.

Umidade

Devido a eletricidade estática, em climas mais úmidos, os fios tendem a ficar rebeldes e arrepiados. 

Quando o cabelo está seco e entra em contato com a umidade resulta em um choque térmico, repelindo os fios e causando frizz.

Altas temperaturas

Uma das causas do frizz são as altas temperaturas, que facilitam o fator choque térmico que deixa os cabelos rebeldes. 

No verão, as cutículas capilares ficam mais abertas e propensas a perda de hidratação e nutrientes, e o sol acaba ressecando as madeixas.A chapinha, secador e água quente também necessitam de uma atenção especial para evitar os fiozinhos em pé.

Químicas

O excesso de químicas deixa o cabelo mais poroso, ressecado e, consequentemente, mais arrepiado. Essa porosidade também causa ressecamento, fios elásticos, quebradiços e pontas duplas.

Baby hair

Aqueles fiozinhos novos que não param no lugar e nascem perto da frente já têm um nome: baby hair. Eles não são frizz e podem demorar muito tempo para crescer. Esses fiozinhos podem incomodar algumas pessoas, pois formam cabelos arrepiados na raíz e cabelo arrepiado na frente, mas com alguns truquezinhos podem ser domados.

O que fazer para abaixar os fios arrepiados do cabelo?

Invista em cosméticos sustentáveis e cosméticos orgânicos com óleos e manteigas que possam recuperar a água dos fios ressecados e selar suas cutículas abertas. Produtos ricos em proteínas e nutrientes como a queratina, um cronograma capilar com produtos livres de sal e petróleo, finalizadores e acessórios de qualidade e penteados nos dias mais apressados são o combo perfeito para manter seus cabelos sempre lindos e saudáveis. 

Confira as dicas a seguir:

Shampoo sem sulfato

Lavar o cabelo com produtos cheios de sulfato na composição é a receita para fios extremamente ressecados pois por ser um agente agressivo retira muito da oleosidade natural do cabelo e como sabemos, cabelos ressecados são cabelos arrepiados.

Lembrando que é importante tomar cuidado com os cabelos mistos (mais comuns nas cacheadas). Cabelos com o couro cabeludo oleoso e comprimento seco necessitam de uma limpeza mais suave que limpe bem o couro cabeludo, porém não danifique as pontas.

Evite água quente

Como já citamos, fontes de calor prejudicam a saúde dos fios. Tomar banho com água quente abre as cutículas capilares e podem quebrar os fios. 

É verdade que em casos de cabelos mais sujos, abrir as cerdas com a água mais morna e um shampoo anti resíduos pode se fazer mais necessário. Para reduzir os danos, terminar a lavagem com água fria, e claro, um condicionador de qualidade e sem agentes nocivos, ajuda a selar os fios.

Protetor térmico

Não precisa ser radical e deixar de ir para a praia ou parar de usar chapinha e secadores de cabelo. O importante é investir no protetor térmico na hora de secar e chapar os fios e protetor solar capilar ( existem protetores solares que protegem os fios).

Co-wash

Um truque fácil para selar os fios arrepiados daquele cabelo ressecado é de vez em quando lavar o cabelo só com o condicionador. Isso ajuda a aumentar a quantidade de óleo nos fios, o deixando mais hidratado e domado.

Lembre-se de não fazer isso quando o cabelo estiver sujo e nem de passar o condicionador no couro cabelo, que é uma área naturalmente mais sebosa.

Acessórios de Madeira

Escovas e pentes de plásticos são propícios a fazer os cabelos arrepiarem. Acessórios de madeira evitam que a eletricidade bagunce os fios.

Blusa de algodão

Esfregar o cabelo na toalha pode aumentar a incidência de frizz, por isso seque delicadamente. A melhor alternativa é usar uma toalha ou blusa de algodão que são mais delicadas.

Hidratação

Começar uma hidratação reforçada seguindo um cronograma capilar é um truque sem erros para diminuir o frizz e os fiozinhos arrepiados. Hidrate o cabelo uma vez por semana ou a cada 15 dias, dependendo do estado atual do seu cabelo. 

Óleos

Produtos com óleos naturais como os de rícino, óleo de côco e óleo de rosa mosqueta ajudam a selar os fios, os mantendo mais acertadinhos.

Produtos anti-frizz

Leave-in, sérum, gelatina capilar, mousse e um fixador de cabelo de potência baixa a média são também algumas alternativas para manter o efeito selado. Uma dica prática é levar um frasquinho de sérum na bolsa e passar um pouquinho nas pontas ressecadas no decorrer do dia.

produtos para os fios
Em dias corridos os penteados simples podem ser a melhor saída para os cabelos arrepiados. | Foto: Freepik.

Penteados 

Penteados com tranças (principalmente com as de raiz) seguram os fios rebeldes e coques são práticos para o dia a dia. Abuse de penteados de estilo mais bagunçadinho, fica um charme.

Qual o melhor corte para cabelo arrepiado?

Cortes muito repicados que afinam os fios e intensificam os cabelos arrepiados podem dar um efeito messy e bagunçado bem legal para quem gosta de um look mais descontraído. Cortes mais retos dão peso aos cabelos e podem ajudar a disfarçar esses fios. Ao optar pela franja, prefira as mais longas. E não se esqueça: os finalizadores fazem toda a diferença!

Frizz é normal!

É sempre bom cuidar dos cabelos, mas não podemos esquecer que cabelos bagunçados, arrepiados e com frizz são cabelos naturais.

Sempre temos dias que eles estão mais ajeitadinhos e em outros estão mais arrepiados na raiz, e isso não quer dizer que sejam feios. Precisamos manter a nossa auto estima em dia, Independente dos fiozinhos arrepiados.

O Slow Beauty possui produtos de alta qualidade com ingredientes naturais e orgânicos que não possuem ingredientes nocivos e deixam seus cabelos saudáveis e bonitos. Confira no site, como cuidar de um cabelo arrepiado e cabelos danificados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

compartilhe nas redes sociais!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn